cafecomcienciabanner

 

O clube de leitura de divulgação científica da Escola de Ciências e Tecnologia (ECT/UFRN), Café com Ciência, debate nesta segunda-feira (26/08), o livro “O Mundo Assombrado pelos Demônios”, de Carl Sagan. O encontro será realizado na sala 4 da ECT, às 15h. Os encontros do clube são realizados toda última segunda-feira de cada mês. 

Carl Sagan (1934-1996), que foi um famoso astrônomo e divulgador científico norte-americano, publicou, em 1995, o livro “O Mundo Assombrado pelos Demônios: a ciência vista como uma vela no escuro”. A obra aborda várias questões. Uma delas, é como o analfabetismo científico presente na população faz com que as pessoas ignorem fatos científicos e confiem no misticismo. No decorrer de sua narrativa, o astrônomo busca desmistificar teorias pseudocientíficas. No primeiro capítulo, “A coisa mais preciosa”, escreve Sagan: “Pode-se afirmar que a pseudociência é adotada na mesma proporção em que a verdadeira ciência é mal compreendida. Embora eu ache difícil encontrar uma conexão cósmica mais profunda do que as descobertas espantosas da moderna astrofísica nuclear; à exceção do hidrogênio, todos os átomos que compõem cada um de nós – o ferro no sangue, o cálcio nos ossos, o carbono no cérebro – foram fabricados em estrelas vermelhas gigantes a milhares de anos-luz no espaço e a bilhões de anos no tempo. Somos feitos, como gosto de dizer, de matéria estelar.”. Mesmo sendo uma obra com mais de 20 anos, encaixa-se perfeitamente em várias problemáticas da sociedade atual, como teorias da terra plana e da falta de evidências científicas da eficácia das vacinas divulgadas em redes sociais.

Nos encontros do Café com Ciência, geralmente, não são discutidos  conteúdos curriculares e, sim, um escopo mais geral sobre o conhecimento científico.  Isso é possível devido à dinâmica dos livros de divulgação científica, que são escritos de forma mais didática e facilitam o entendimento sobre grandes teorias da física, química etc. “É preciso romper o preconceito de que é necessário uma formação na área de física, por exemplo, para discutir ciência”, afirma o curador Leandro Bevilaqua, professor da ECT. Aberto a toda a comunidade interessada, o clube não tem o objetivo de ensinar ciência, mas divulgá-la e levantar questionamentos.Recordando sua adolescência, Leandro menciona que, em seu ensino médio, ele  gostava de ler livros e queria conversar sobre o que leu, não necessariamente sobre equações matemáticas.


 

CONFIRA mais informações sobre o Café com Ciência em: https://www.instagram.com/cafecomcienciaufrn/

Ou entre em contato com o curador Leandro Bevilaqua através do e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 


Leia também:

ECT de portas abertas - https://www.ect.ufrn.br/index.php/ect-de-portas-abertas