No último dia 08 de novembro, foi realizada a quinta e última edição do Ciclo de Debates do Conselho Científico do Centro de Estratégias em Recursos Naturais e Energia (CERNE) em parceria com a Escola de Ciências e Tecnologia (ECT) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). O evento é reproduzido anualmente, dividido em uma série de cinco ciclos de palestras e workshops acerca de novas tecnologias e políticas relacionadas ao setor de recursos naturais e energia.

Diferentemente do ano anterior, período no qual o evento foi sediado nas instalações do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN), o Ciclo de Debates do CERNE de 2018 contou com a estrutura das dependências da ECT no campus central. A mudança reafirma a parceria entre o Conselho e a instituição, firmada desde 2014 com a intenção de incentivar a criação de projetos que auxiliem no desenvolvimento da área. A conexão entre as instituições é coordenada por Olavo Oliveira, Diretor Setorial de Tecnologia, Pesquisa e Inovação do CERNE, e o Prof. Dr. Efrain Matamoros, representante da universidade.

Os temas à frente de cada ciclo são selecionados no anterior à sua execução e propõem assuntos expressivos para o cenário regional atual, assim como suas implicações. O primeiro ciclo, realizado em abril, abordou como tema "As Condições de Abastecimento das Bacias Hídricas e dos Açudes no RN", sucedido, no mês seguinte, por uma edição dedicada à "Logística e Infraestrutura Portuária no RN". No segundo semestre do ano, as edições anteriores destacaram a "Responsabilidade Socioambiental das Empresas do Setor de Energias Renováveis", ocorrido em agosto, e "As Implicações e os Novos Desafios da Implantação dos Biocombustíveis no Brasil com a Aprovação da Política Nacional de Biocombustíveis", temática executada em setembro.

A edição que concluiu o evento trouxe para o debate as questões que envolvem a Indústria 4.0, propondo sua utilização como ferramenta de competitividade industrial e sua aplicação no desenvolvimento da região. A quarta revolução industrial, como também é conhecida, abrange conceitos que interligam processos virtuais e como estes interferem no mundo físico, compreendendo áreas como internet das coisas, mineração de dados, Big Data, inteligência artificial e autonomia robótica.

Entre as palestras oferecidas no dia, destacam-se a presença do Prof. Dr. Eurico Seabra, Diretor do Mestrado Integrado em Engenharia Mecânica da Universidade do Minho, em Portugal; do Prof. Dr. Cassiano Carvalho Neto, Presidente do Instituto Galileo Galilei para a Educação (IGGE); Jairo Amorim, Diretor Industrial da Guararapes; e Djalma Barbosa da Cunha Jr., Diretor de Inovação da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte (FIERN).

 5ª Ciclo de Debates do CERNE no Auditório F da ECT.

5ª Ciclo de Debates do CERNE no Auditório F da ECT.

 

O evento permite uma maior integração entre o ambiente de pesquisa acadêmico, o mercado regional e as políticas governamentais, formando o que Efrain Matamoros descreve como "tríplice ciência" e rompendo com possíveis barreiras que distanciam tais setores. "Neste momento, a UFRN, como muitos institutos federais na área de educação, se comporta de forma a criar várias reações para aproximar o mercado, como são as incubadoras e as empresas juniores. Mas ainda não existe cem por cento de engajamento da universidade com o mercado, é algo que se está aprendendo. É algo que já está implementado, mas não está em seus cem por cento de contato".

Os ciclos foram registrados na íntegra e podem vir a fomentar um registro físico em formato de livro futuramente. Além disso, todas as edições foram transmitidas ao vivo através do YouTube e podem ser assistidos aqui.