Todo estudante, em algum momento, sente dificuldades com alguma disciplina, especialmente naquelas que envolvem cálculos. Sabendo das disso, um grupo de alunos da Escola de Ciências e Tecnologia(ECT) tomou a iniciativa de tirar dúvidas de outros estudantes através de vídeos, assim surgiu o Canal Exatas.

O Canal Exatas é o nome de um canal no Youtube e, posteriormente, um site criado por um grupo, formado por alunos-monitores, que produz vídeos com resoluções práticas de exercícios de diversas matérias do ensino superior da área de exatas, com o objetivo de contribuir com o aprendizado de seus colegas de curso, bem como estudantes de todo o Brasil. Por trás do Canal Exatas estão Jamisson Seigler, Felipe Diego, Hiago Câmara, Uyatan Rodrigo e Victor Matheus.

Segundo os membros do grupo, a ideia de ter um espaço voltado para ajudar os alunos das matérias de exatas, já vinha sendo pensada e discutida por algum tempo por Jamisson, monitor de cálculo I, matemática básica e álgebra vetorial, junto com Felipe Diego (monitor de Cálculo II), Hiago Câmara, Uyatan Rodrigo (bolsista do Programa de Iniciação a Docência) e Victor Matheus (monitor de Mecânica dos Sólidos) que mais tarde iriam integrar a equipe.

Jamisson contou que já vinha pensando em algo para suprir a falta de exercícios específicos, para as matérias em que ele monitora, que não era encontrado nem mesmo no YouTube. Foi então, quando ele estava andando em sua moto, teve a ideia de se reunir com alguns monitores, que não apenas apoiaram o projeto como também se dedicaram a melhorar a ideia.

“Sabia que teríamos que montar alguma coisa para ajudar alunos com questões específicas, focando no que os alunos estão pagando no curso de Ciências e Tecnologia. Mas em canais como “Me salva!”, por exemplo, os exercícios contidos lá, não supriam a carência dos alunos ou sanavam dúvidas específicas. Esse suporte é uma alternativa para atender alunos que não conseguem ir para monitoria ou que mesmo indo para monitoria necessitam de um auxílio adicional online, se não, aqueles que são de outro curso de Ciências Exatas”, comentou Jamisson.

As gravações dos vídeos do Canal Exatas ocorrem toda segunda feira à tarde, quando todos podem se reunir para discutir questões e editar o material. Porém, Hiago, componente que está participando do Ciência sem Fronteiras, envia seus vídeos via nuvem. Os exercícios são gravados e comentados pelo próprio monitor da disciplina específica no modo passo a passo e em seguida colocada nas redes sociais (https://www.facebook.com/canalexatas), no próprio site do grupo (www.canalexatas.com/) e na página do Youtube (www.youtube.com/user/exatasfull).
Para acessar o conteúdo no site é necessário fazer o cadastro.

ComC&T
Assessoria de comunicação e produtora de conteúdo da Escola de Ciências e Tecnologia