A Escola de Ciência e Tecnologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte tem sete trabalhos aprovados a serem apresentados na 30ª edição do Congresso de Iniciação Científica e Tecnológica da UFRN, que acontecerá nas dependências da ECT, entre os dias 21 à 25 de outubro de 2019. As sessões de apresentações orais da área das Ciências Exatas e da Terra acontecerão nos dias 22, 23 e 24.


O eCICT é um evento onde os alunos integrantes de projetos de pesquisas da UFRN, sejam eles bolsistas ou voluntários, apresentam os resultados de suas pesquisas produzidas ao longo de um ano, com a realização de um plano de trabalho orientado por professores pesquisadores efetivos da universidade.
A primeira fase foi on-line e aconteceu de 16 a 20 de setembro de 2019. Nela, houve a apresentação de vídeos dos trabalhos dos discentes no site do evento para visitas da comunidade acadêmica e do público externo, assim como avaliação pelos consultores da UFRN.


A segunda fase do evento consiste na apresentação, através de sessões orais, dos trabalhos melhor avaliados na primeira fase, distribuídos em três grandes áreas de conhecimento, a saber: Ciências da Vida; Ciências Exatas, da Terra e Engenharias; e Ciências Humanas, Sociais, Letras e Artes. Nessas sessões, esses trabalhos serão novamente avaliados, desta vez por um comitê externo à UFRN. Os três melhores trabalhos de cada grande área serão premiados, assim como uma nova categoria de premiação, a primeira edição do prêmio Pesquisador Destaque da UFRN, que tem como objetivo dar visibilidade e reconhecimento a pesquisadores da instituição.


De acordo com o professor Douglas do Nascimento Silva, diretor da ECT, a importância da aprovação de sete trabalhos da Escola de Ciência e Tecnologia se deve a diversos fatores. “A gente tem um programa de incentivo acadêmico da unidade que financia inclusive bolsas de iniciação científica, o que aumenta quantitativamente a qualidade que a gente já sabe que existe. Então, a gente alia aqui o fato de ter uma quantidade razoável de estudantes, com a qualidade destes estudantes e dos professores que os orientam com o incentivo econômico que a universidade consegue dar através de seu orçamento. Essa combinação mostra o resultado nesse programa. Não é de hoje que a escola vem se destacando no eCICT e em outros eventos de nível nacional e internacional”, declarou o professor.


No quadro abaixo estão listados os trabalhos da ECT na segunda fase do eCICT 2019.

 

Trabalho

Autor

Curso

Orientador 

Análise da qualidade de energia utilizando sensor de tensão. 

Wesley Wagner Varela Souza

Ciências e Tecnologia 

Marconi Camara Rodrigues

Resposta tribológica do contato metálico e semi-metálico.

Gustavo de Moura Miranda Henriques 

Ciência e Tecnologia

Salete Martins

Avaliação dos grãos de café residuais como aditivos antioxidantes e antidesgaste.

Fabíola Beserra dos Santos

Engenharia Ambiental

Tatiana de Campos Bicudo

Desenvolvimento de membranas poliméricas objetivando métodos alternativos para o tratamento da psoríase.

Rafaela Silva de Souza

Engenharia de Materiais

Kaline Melo De Souto Viana

Dinâmica de alterações com movimento dependendo da densidade local de presas.

Eloi Antonio Triaca

Engenharia Mecânica 

Simone Batista 

Implementação de um analisador inteligente aplicado ao sistema de geração de energia distribuído 

Luiz Felipe Beserra da Silva 

Engenharia Elétrica 

Alexandre Magnus Fernandes Guimarães 

Conhecimentos da população sobre os ciclos do ambiente avançado: sondagens em localidades litorâneas do RN. 

Matuzalem Fecher Pereira da Silva

Física 

Alexsandro Pereira Lima



PARA MAIS INFORMAÇÕES ACESSE O SITE http://www.cic.propesq.ufrn.br/