BANNER palestra1

 

No dia 15 de novembro, das 18h10 às 20h, na Escola de Ciências e Tecnologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (ECT/UFRN), ocorrerá a primeira palestra da XIV Escola de Microeletrônica do Nordeste (EMicro-NE 2019). Com o tema “Evolução da micro/nanoeletrônica e aplicações”, será ministrada pelo professor e pesquisador da Universidade de São Paulo (USP) João Antonio Martino. As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas pelo via Sigaa, por meio deste link <https://sigaa.ufrn.br/sigaa/public/extensao/loginCursosEventosExtensao.jsf>. Há 150 vagas.

Na palestra, o professor Martino abordará todo o histórico da tecnologia de Circuitos Integrados (CI’S), desde os seus diversos estágios tecnológicos até a sua fabricação e aplicações do dia a dia. Além disso,  iniciativas de pesquisa e desenvolvimento na área implementadas nas universidades e centros de pesquisa do Brasil, e dispositivos projetados e fabricados no país serão apresentados. 

A micro/nanoeletrônica é a área da eletrônica que trata de circuitos integrados (CI’S), que são circuitos eletrônicos miniaturizados, ou seja, chip, microchip e nanochip. Atualmente, a maior parte do que utilizamos em nosso cotidiano envolve microeletrônica, de brinquedos infantis até veículos autônomos. A história dessa tecnologia é marcada por um crescimento muito rápido em um período de tempo muito curto: são apenas 15 anos entre o descobrimento do efeito transistor para a fabricação dos primeiros CI’S. Embora tenha apenas cerca de 40 anos, a micro/nanoeletrônica possui uma rápida evolução tecnológica, no sentido de aperfeiçoamento dos CI’S. 

“A microeletrônica no Rio Grande do Norte tem se desenvolvido de forma constante principalmente na área de projeto de circuitos integrados e instrumentação”, avalia Martino Segundo ele, a cidade de Natal já foi, inclusive, a sede do principal evento de microeletrônica que ocorre no Brasil, o “Chip in”, apoiado pela Sociedade Brasileira de Microeletrônica (SBM), entidade que auxilia também a divulgação da área nas universidades e centros de pesquisa do Estado.

Sobre o palestrante 

João Antonio Martino é professor da Escola Politécnica da USP desde 1992 e também foi professor convidado na KUL. Atualmente também é coordenador do Centro de Treinamento de São Paulo (CT-SP) para formação de projetistas de circuitos integrados do programa CI-Brasil. Além de participar do comitê assessor de microeletrônica do CNPq (CA-ME), também é Senior Member do Instituto de Engenheiros Eletrotécnicos e Eletrônicos (IEEE), e presidente do capítulo da Electron Devices Society (EDS) da Seção Sul-Brasil desde 2007. Foi vencedor do prêmio Pe. Roberto Landell de Moura, da Sociedade Brasileira de Microeletrônica, em 2016.

Autor e co-autor de 8 livros, Martino conta com mais de 500 publicações em seu histórico, sendo essas artigos publicados em revistas e/ou apresentados em congresso, além de ser pesquisador nível 1A do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Sua linha de pesquisa é em circuitos integrados, incluindo a fabricação, caracterização elétrica e modelagem de dispositivos das tecnologias NMOS, CMOS e SOI CMOS, com ênfase em transistores SOI avançados planares, de múltiplas portas (FinFET) e transistores de tunelamento (TFETs). 

Martino iniciou suas pesquisas em  microeletrônica em 1982 na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (POLI-USP), onde tornou-se mestre em 1984, doutor em 1988 e livre-docente em 1998 em Engenharia Elétrica.

emicrone palestra 1