O

curso de Ciências e Tecnologia – Bacharelado (C&T) foi o primeiro a adotar o modelo de 02 (dois) ciclos na UFRN. Neste modelo de curso, diferente dos tradicionais ofertados na UFRN, o aluno concluirá o curso de C&T, de primeiro ciclo, em 03 (três) anos, e depois deverá optar por um curso de segundo ciclo, que durará, em média, 02 (dois) anos.

A primeira turma de 500 alunos entrou no semestre 2009.2. As aulas do curso são ofertadas nos turnos Manha e Tarde (MT) e Noturno (N), entretanto, podem haver atividades acadêmicas em outro turno.

O aluno que optar pelo segundo ciclo, será submetido a até 02 seleções internas. A primeira, após o terceiro período, quando terá 900 horas de componentes curriculares obrigatórios cumpridas. A segunda, em seu último semestre, quando estiver prestes a concluir o curso, onde fará a opção pela engenharia de segundo ciclo que deseja seguir. Tais seleções internas têm por base o desempenho acadêmico do aluno: além da média de suas notas ao longo do processo, as seleções levam em consideração o tempo gasto (em semestres) para cursar todos os componentes curriculares, bem como os números de trancamentos e reprovações do aluno.

O curso de C&T privilegia os alunos que têm interesse e autonomia para os estudos, que não se acomodem apenas com os conhecimentos da sala de aula e estejam o tempo todo buscando aprofundar-se, trazendo suas dúvidas e questões para os espaços de aprendizagem, tais como os grupos de estudo, as práticas nos laboratórios, nas sessões de monitoria e cursos livres propostos pela Escola de Ciência e Tecnologia. A profusão dos conhecimentos em ciência e tecnologia de maneira ampla na sociedade atual é um fato, basta observarmos a velocidade, a intensidade e a variedade com que se colocam novos produtos no mercado. Isso implica na necessidade de profissionais com conhecimentos generalistas para trabalhar nas variadas etapas da produção e circulação desses produtos. Além do perfil generalista, é necessário também o especialista que vai responsabilizar-se pela qualidade técnico-científica, por isso esse curso com formação em dois ciclos também oportuniza que o aluno aprofunde seus estudos em uma área específica.

Entenda o processo formativo

  • Primeira seleção interna:

Ao escolher uma formação em dois ciclos, na primeira seleção interna o aluno-candidato deve, obrigatoriamente, integralizar os componentes curriculares dos níveis (semestres) 1, 2 e 3, totalizando 900h cumpridas de componentes curriculares obrigatórios. Quando estiver no limiar de concluir esses componentes, o aluno deve indicar, por ordem de preferência, qual opção deseja seguir diante da 1a seleção interna, que é a escolha da ênfase a qual deseja se vincular, considerando o curso de segundo ciclo que deseja seguir. O critério de seleção levará em consideração o Indicie de Eficiência Acadêmica (IEA).

O curso de C&T é vinculado a oito engenharias da UFRN, são elas: (incluir link que remete as engenharias) ambiental, biomédica, computação, mecatrônica, materiais, mecânica, telecomunicações e petróleo (*Inserir: textos do menu cursos de segundo ciclo no nome de cada engenharia - destacar). Além das ênfases das engenharias, o aluno também pode optar pelas ênfases interdisciplinares de C&T: negócios tecnológicos, computação aplicada e neurociências (colocar link das ênfases. texto do PP do curso) – no caso destas, não há curso de 2º ciclo vinculado à ênfase.

  • Segunda seleção interna:

Ao final da primeira seleção, o aluno que entrar na ênfase de sua escolha, cursará componentes curriculares específicos desta, conforme a carga horária determinada. Ao final do seu último semestre em C&T, o aluno com ênfase deverá se submeter à segunda seleção interna: o reingresso de segundo ciclo. Nesse momento, o aluno concorrerá a uma vaga na engenharia a qual está vinculada a sua ênfase. O critério de seleção também levará em conta o IEA do aluno.   

Após concluir o curso, o bacharel em C&T que conseguiu a vaga no reingresso de segundo ciclo, entregará documentação para cadastro automático na engenharia.

Com relação às seleções internas, o aluno que não conseguir a vaga na opção pretendida, pode pleiteá-la mais uma vez no semestre regular seguinte, mediante requerimento à coordenação.

caminhos de formação do BCT

Cronograma da formação em dois ciclos de C&T

 

Caso o aluno garanta uma das vagas em um curso subsequente, este cursará nos semestres 5 e 6 disciplinas dos respectivos cursos, mas continua sendo aluno do BCT até integralizar 2400h-a, quando receberá o diploma de Bacharel em C&T. Neste momente, através do reingresso específico, o aluno ingressará automaticamente no curso anterioremente escolhido, onde completará a formação em dois ciclos.


Com relação às seleções internas, os alunos que não conseguirem vaga na opção pretendida, pode pleiteá-la mais uma vez no semestre relugar seguinte, mediante requerimento à coordenação.

Número de vagas disponíveis para as seleções na ênfase de Tecnologia

Atualmente, o número de vagas para as engenharias do segundo ciclo são:

  • Tecnologia Biomédica (N): 40 vagas/semestre
  • Tecnologia de Computação (M/T): 40 vagas/semestre
  • Tecnologia de Materiais (T): 20 vagas/semestre
  • Tecnologia de Materiais (N): 20 vagas/semestre
  • Tecnologia Mecânica (M/T): 40 vagas/semestre
  • Tecnologia Mecânica (N): 25 vagas/semestre
  • Tecnologia Mecatrônica (M/T): 40 vagas/semestre
  • Tecnologia de Petróleo (M/T/N): 30 vagas/semestre
  • Tecnologia de Telecomunicações (N): 25 vagas/semestre
  • Tecnologia Ambiental (M/T): 40 vagas/semestre

 

Os alunos que concluírem o BCT vinculados a uma das ênfases de Tecnologia, poderá pleitear no referido curso de engenharia de 2º ciclo, em que o número de vagas é 1,25 vezes o número ofertado pela ênfase.

Vale salientar que, qualquer aluno que concluir o BCT, também poderá, através de Processo Seletivo de Reocupação de Vagas residuais, ingressar em outros cursos de graduação oferecidos pela UFRN.