A Escola de Ciências e Tecnologia(ECT-UFRN) sediou, pelo terceiro ano consecutivo, uma das etapas estaduais da Global Game Jam, evento internacional de desenvolvimento de jogos que acontece anualmente em mais de 70 países. Na ECT, o evento teve organização do grupo de desenvolvedores de jogos Potiguar Indie Games(PONG) nos dias 29, 30 e 31 de janeiro.

A abertura do evento teve como destaque a palestra, por meio de videoconferência, com Walter Machado, designer criador dos jogos Ubermosh e Gearcrack Arena. Walter contou que mudou radicalmente sua carreira profissional, já que ele era cirurgião dentista, mas deixou a profissão quando se viu atraído pelo universo da criação de Jogos, sendo mais bem remunerado que sua especialização de fato. Posteriormente à palestra, a maratona teve inicio após o anúncio do tema, que este ano foi "Ritual", e baseados nessa temática, os grupos inscritos tiveram que criar seus jogos entre o período das 17h da sexta-feira e às 17h do domingo.

No final da maratona, foram apresentados os jogos: Anna, Caldron, Cozinha Arcana, Crossroads, Invocat, Just Another Ritual, My Way, Offering Runner, One for Sorrow, The Legend of Poran, TOC, Turn a Vampire e Woodcutter’s Journey. Todos disponíveis no endereço http://globalgamejam.org/2016/jam-sites/natal-pong-e-inpactaufrn/games.

Tiago Sousa, membro do PONG falou sobre a vantagem que um desenvolvedor de jogos tem ao participar de um evento como a GGJ ”Em primeiro momento, é bom porque você já cria um portfólio e em 48h você já tem o seu primeiro jogo, já lhe dá uma vantagem muito grande para quem nunca criou um jogo.” além disso ele complementou “ nesse processo você só aprender quando você faz, isso lhe dá uma grande vantagem como desenvolvedor”. e concluiu dizendo quais são as características que um bom jogo deve ter “deve ter um gameplay legal, não ser quebrado ( não conter bug), sem travamento… e um jogo que esteja focado também na narrativa”, aconselha.

O evento teve como parceiros a Incubadora de Processos Acadêmicos, Científicos e Tecnológicos Aplicados(inPACTA), o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN) - Campus Central e Ceará-Mirim, e Instituto Metrópole Digital(IMD)./index.php/noticias-destaques-da-ect-bct-ufrn-c-t-posicao-iceslideshow-ggj-2016

Efrain Matamoros, Gerente Executivo da inPACTA, falou que a importância de um evento como esse é que estimula o empreendedorismo e descobre novos talentos . Além disso, foi enfático ao falar pelo desejo de fomentar atitudes criativas, já que o jogo, por exemplo, gera vários tipos de aprendizado em diferentes áreas, vários deles, estão correlacionados com os conhecimentos de Matemática, Física, Programação.
Global Game Jam

A Global Game Jam foi criada por Susan Gold em colaboração com Ian Schreiber e Gorm Lai, tendo sua primeira edição realizada em 2009 e, desde então, o número de sedes e participantes tem crescido a cada ano.
A GGJ consiste em uma maratona não competitiva, com duração de 48 horas, em que os participantes, divididos em equipes, devem desenvolver e apresentar um jogo, tendo como base, um tema escolhido pela organização internacional e divulgado na abertura.