No período de 2015.1 a grade do curso de Ciências e Tecnologia(C&T) sofrerá alterações. Algumas das mudanças serão feitas até mesmo em matérias do primeiro semestre. Essas alterações são necessárias visto que toda instituição de ensino superior, de acordo com o portal do MEC, deve atender às orientações das diretrizes curriculares do curso, portanto, com o passar do tempo sofre mudanças.

Em entrevista a ComC&T, Josemar Oliveira, Coordenador do Bacharelado da Escola de Ciências e Tecnologia (BCT) falou um pouco sobre a mudança: “Adicionamos conteúdos que não existiam na grade atual, obrigatórios na grade do MEC e estamos tentando ser mais flexível com as disciplinas ofertadas. A mudança curricular é algo que já vem sendo discutido a quase 4 anos. E todo curso, geralmente passa por um processo de revisão. Percebemos que alguns dos tópicos não eram ofertados no nosso curso, assim, com intuito de complementar a formação do estudante, resolvemos integralizar na ECT.”

Algumas das matérias mudaram de ementa e ainda seus respectivos nomes, como: Química Tecnológica que passou a ser Química Geral, para integrar assuntos um pouco mais tradicionais, além de alguns tópicos mais específicos antes vistos em química tecnológica.” A maioria dos alunos tem uma deficiência muito grande em relação a química aplicada, então, como é que iremos oferecer uma química mais aplicada, se o estudante costuma não ter um bom domínio na química geral. Fizemos isso também, até para facilitar a questão do aproveitamento.”, comenta Josemar.

Nas físicas, houveram divisões da parte teórica com a parte prática. Agora, mesmo os assuntos de temas correlacionados se tornaram independentes. Assim, matérias como princípios e fenômenos da mecânica foram divididas em duas disciplinas: Física Teórica 1 e Física experimental 1; Princípios e Fenômenos Térmicos e Ondulatórios dividida ema Física Teórica 2 e Física Experimental 2 e consequentemente a Física Experimental 3 e Física Teórica 3, substituiu Princípios e Fenômenos eletromagnéticos. Em relação as físicas, o coordenadou explicou que essa  divisão entre teórica e prática ocorreu para dá ênfase a prática: “Percebemos que do jeito as físicas estavam sendo oferecidas, a parte prática não estava tendo a relevância desejada. Separamos a teoria da prática especificamente nestas disciplinar para colocar em evidência ainda mais a importância da parte prática”.

Outras matérias, sofreram alterações em seus respectivos nomes, com mudanças menos significativas nas suas ementas, como por exemplo: Ciências e Tecnologia e sociedade 2, que se tornou: Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano e Ciências Tecnologia e sociedade 3, que passou a ser economia e desenvolvimento.

E ainda, foram integralizadas disciplinas como: Introdução às engenharias e metodologia científica,que é a matéria destinada a mostrar instrumentos para o fazer científico. “Elas são obrigatórias pelas diretrizes do curso de Engenharia. Resolvemos absorver tudo que era obrigatória de ciclo básico. Quando ele chegar no segundo ciclo ele vai ter toda a parte básica feita.

Especificamente a disciplina de metodologia científica Josemar falou: “A disciplina vai incorporar a nosso currículo questões de inovação, projetos tecnológicos, o que é uma patente (...) Além do aluno ter uma ideia inicial do que um projeto do ponto de vista acadêmica, e ainda vai todo o conteúdo do ponto de vista tecnológico.”

Algumas matérias passaram a ser optativas como por exemplo: Expressão gráfica e equações diferenciais.

Quem mudar para grade nova, notará que algumas matérias serão equivalentes uma amostra disso é : Matemática básica poderá ser aproveitada no lugar de Pré-cálculo, Vetores e Geometria analítica tem o mesmo possuem ementa semelhante a disciplina Algébra vetorial e Álgebra linear, Introdução à Física será equivalente a Princípios e Fenômenos da Mecânica.

Para saber sobre todas as equivalências confira na integra o pdf da nova grade aqui:



Download

 

As mudanças entram em vigor no período de 2015.1 para os novos ingressantes do BCT e serão facultativas para o restante dos estudantes. “Em relação à mudança de grade, quem tá se encaminhando para o quarto semestre não vale a pena a mudança, já que você teria que fazer outras disciplinas que você, a priori, já teria concluído. A mudança valerá a pena dependendo de onde você está no curso", Esclareceu o coordenador.

Email da secretaria: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Telefone: 3342-2304

ComC&T
Assessoria de comunicação e produtora de conteúdo da Escola de Ciências e Tecnologia