No período de 7 a 9 de novembro deste ano, aconteceu o Encontro Nacional de Betão Estrutural 2018 na cidade de Lisboa, Portugal. Organizado conjuntamente pelo Grupo Português de Betão Estrutural (GPBE) e o Instituto Superior Técnico (IST), o evento ocorreu no Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC), um renomado centro de pesquisas na Europa, e contou com a participação de em torno 300 profissionais e estudantes envolvidos em pesquisas relacionadas com concreto (chamado de “betão” em Portugal). O Encontro também contou com a presença do professor e pesquisador Rodrigo Barros, da Escola de Ciência e Tecnologia da UFRN, que apresentou trabalho científico sobre o tema.

Docente da disciplina de Mecânica dos Sólidos e atualmente professor colaborador no PEC (Programa de Pós-graduação em Engenharia Civil da UFRN), Rodrigo Barros apresentou o trabalho intitulado “Análise numérica e experimental de blocos de fundação com cálice embutido”, um estudo sobre o desempenho do bloco de fundação com cálice como elemento utilizado nas estruturas de concreto pré-moldadas, em comparação a blocos de fundação monolíticas, elaborado em conjunto com os pesquisadores Fabiana Stripari Munhoz (Faculdade Tecnológica de Jahu), José Samuel Giongo (Universidade de São Paulo) e Daniel Nelson Maciel (ECT/UFRN). “Observou-se por meio de ensaios em laboratórios que os blocos ensaiados e que possuíam cálice embutido e interface das paredes lisas, possuem uma capacidade resistente equivalente a 50% de um bloco com ligação monolítica. Nossa contribuição visa alertar ao dimensionamento deste tipo de estrutura.”, explicou o professor a respeito de seu trabalho.

betao 2018Professor e pesquisador Rodrigo Barros tem, atualmente, linhas de pesquisa voltadas ao comportamento de estruturas de concreto armado em serviço, e também ao dimensionamento de elementos especiais de concreto. (Foto: Acervo Pessoal)

Sua participação também foi de grande relevância para a obtenção de conhecimento com relação as mudanças que estarão presentes no fib Model Code 2020, uma base de códigos modelos que normatizam os procedimentos de dimensionamento das estruturas de concreto armado, área na qual as pesquisas de Rodrigo estão concentradas. Sua presença contribuiu ainda para o estreitamento dos laços Brasil-Portugal, a respeito da participação de pesquisadores brasileiros com trabalhos relacionados ao concreto que, em eventos dessa natureza, vem crescendo a cada edição.

O Encontro Nacional de Betão Estrutural acontece a cada 2 anos, sendo o próximo em 2020, ainda sem data definida.