Alunos do PPgCTI são aprovados em projeto do SEBRAE

Escrito por: Wagner Barboza | Publicado em: 25 de janeiro de 2021

O aluno Raphael Rodrigues e a egressa Heloysa Helena, ambos do Programa de Pós-Graduação em Ciência, Tecnologia e Inovação (PPgCTI), foram aprovados para participarem do Projeto ALI – Agente Locais de Inovação, cujo resultado foi divulgado no final de 2020. 

O ALI é um projeto consolidado que tem abrangência nacional como estratégia de competitividade para pequenos negócios, com foco em aumentar a produtividade dos pequenos negócios da região por meio dos bolsistas do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). A capacitação é feita no Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE/RN). 20 empresas são acompanhadas a cada ciclo, que tem duração de 22 meses, sendo um de capacitação e o restante atuação em campo. O ciclo atual teve início neste mês e acontece na Universidade Corporativa SEBRAE.

Durante as etapas do processo seletivo foram avaliados o currículo, com foco nas experiências profissionais na área de inovação de cada candidato, como também, uma avaliação de conhecimento. Por fim, foi feita uma entrevista para avaliação das competências exigidas. 

Para Raphael, o projeto pode contribuir para sua carreira como profissional. “Esse projeto me dá a possibilidade de conhecer a técnica utilizada pelo SEBRAE, para acompanhamento empresarial, com foco na implementação do processo de inovação. Tenho, ainda, a possibilidade de interagir com o mercado local, através das empresas indicadas pelo SEBRAE, que superará o quantitativo de 70 empresas no período do projeto”, disse ele. 

Os empreendedores da região que participam do ALI contam com todo o aporte do programa sem qualquer custo adicional, podendo, dessa forma, aumentar seu potencial competitivo.

Heloysa, egressa do PPgCTI que também foi aprovada para o projeto, se diz muito empolgada pelas oportunidades que o ALI irá proporcionar. Segundo ela, a estimativa é que, durante todo o projeto, cada um dos aprovados revolucione cerca de 110 pequenos negócios da região. “Profissionalmente isso será muito enriquecedor, pois mesmo que seja trabalhado negócios de áreas afins, serão 110 cases diferentes, que terão gargalos diferentes, que demandarão processos inovativos diferentes”, disse Heloysa, que destacou ainda que o networking com os atores do ecossistema propiciado pelo PPgCTI foi de bastante relevância nessa conquista.

O PPgCTI tem aprovado vários de seus alunos e egressos em processos seletivos na área de inovação. Você pode conferir aqui outras conquistas. 


Gestão do DAECT é prolongada por mais um ano

No dia 20 de fevereiro, o Diretório Acadêmico da Escola de Ciências e Tecnologia (DAECT), decidiu, por meio de uma assembleia interna, o prolongamento da gestão por mais um ano. Além da medida, também foram abordados pontos como diminuição do número de membros e calendário de eventos.  A gestão Organizar e Agir tomou posse no […]

Escola de Ciências e Tecnologia da UFRN abre seleção com bolsa remunerada para projeto de extensão

Estão abertas até a próxima quarta-feira (03/03) as inscrições para a seleção de bolsista para contribuir com o projeto “PJ168-2021 – ProgramAção: ações para o desenvolvimento de sistemas inovadores”,  coordenado pelo professor Orivaldo Vieira de Santana Júnior. Estão sendo oferecidas uma vaga com bolsa remunerada e uma vaga para voluntário. O aluno interessado deve acessar […]