É possível a manutenção dos equipamentos de uma empresa deixar de ser um problema? Projeto da ECT prova que sim!

Ação de extensão vai do dia 14/07 ao dia 27/10 e os alunos podem se inscrever pelo sigaa.

Escrito por: Francisca Pires | Publicado em: 14 de julho de 2021

Você já parou para pensar o quanto uma empresa pode deixar de produzir a cada parada de manutenção de seus equipamentos? E o dinheiro investido em manutenção, será que há uma forma de diminuir? Bom, foi pensando em propor soluções para este problema que a ação de extensão “Gestão de Ativos – Manutenção Classe Mundial” surgiu. 

A ação é coordenada pelo professor Efrain Matamoros e possui em sua equipe dois Professores e um aluno. Os docentes são doutores em engenharia mecânica e foram gestores de manutenção por mais de 10 anos em empresas privadas e o aluno é egresso de ECT e discente do curso de engenharia mecânica. Sobre a ideia da ação o professor Efrain conta que outro projeto de pesquisa acabou influenciando: “Temos um projeto de pesquisa aprovado entre ECT/UFRN-FUNPEC- IMPLASVERDE com foco em indústria 4.0 e vimos a necessidades de treinar os colaboradores e estagiários e bolsistas  em conceitos básicos da gestão da manutenção”, conta.

Segundo a descrição do projeto, a Gestão da Manutenção deve estar preocupada não só com ela, mas também com a empresa e com o que ela poderá perder de receita pelas indisponibilidades até então “naturais” de seus equipamentos. Ser eficaz, prorrogando ou mesmo eliminando paradas de manutenção e mantendo os ativos em operação pelo maior tempo possível, tornou-se uma questão de rentabilidade. O projeto contará com aulas expositivas presenciais e grupos de estudos com apoio dos bolsistas e estagiários. 

Ao fim das atividades, a equipe organizadora espera que os participantes tenham uma formação básica dos princípios de gestão da manutenção classe mundial. O curso terá duração de julho até outubro, será presencial com limitação de espaço disponibilizado pela empresa e com os cuidados de biossegurança estabelecidos e, ao fim, os alunos terão certificado de horas complementares. Além dos alunos da ECT, podem participar do curso colaboradores da empresa parceira do evento e bolsistas e estagiários do projeto de pesquisa associado à empresa.

Para mais informações, acesse: 

https://sigaa.ufrn.br/sigaa/public/extensao/viewDadosCursoEvento.jsf


Lugar de mulher é fazendo ciência!

Duas discentes da ECT, uma do Programa de Pós-Graduação em Ciência, Tecnologia e Inovação e outra do curso de Ciências e Tecnologia foram aprovadas no último edital “Mulheres na Ciência e Inovação”. No total foram quase 400 projetos inscritos e apenas 276 aprovados. Cabe destacar que esta edição, por ser online, tornou  possível ampliar as […]

Inscrições para o Mestrado Profissional em Ciência, Tecnologia e Inovação encerram neste sábado

As inscrições para o Mestrado Profissional em Ciência, Tecnologia e Inovação,que tiveram início no dia 15 de agosto, terminam em 18 de setembro, próximo sábado, e devem ser feitas exclusivamente via internet, na página de Processo Seletivo da UFRN Stricto Sensu.  O edital divulgado pela coordenação do Programa de Pós-Graduação em Ciência, Tecnologia e Inovação […]

Já pensou em integrar uma pesquisa sobre Comunicação em Rede Neural? O Programa de Pós-graduação em Física está com inscrições abertas!

O exame de seleção será realizado no dia 21 de novembro de 2021 e as inscrições, feitas via PPG-Física ou Plataforma EUF (Exame Unificado de Física), estarão abertas até o dia 10 de outubro de 2021.  As Coordenações dos Programas de Pós-Graduação em Física de quinze instituições, uma delas a da UFRN, irão realizar esse […]