Professores da área de Meio Ambiente apostam em aulas diversificadas

Escrito por: Wagner Barboza | publicado em: 20 de dezembro de 2019

Alternativas de ensino-aprendizagem em meio ambiente e desenvolvimento urbano Com o objetivo de melhorar a aprendizagem dos alunos, professores da área Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano da Escola de Ciências e Tecnologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (ECT/UFRN) investiram em aulas diversificadas com as turmas deste semestre. Algumas aulas “fora do padrão” […]

Alternativas de ensino-aprendizagem em meio ambiente e desenvolvimento urbano

Com o objetivo de melhorar a aprendizagem dos alunos, professores da área Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano da Escola de Ciências e Tecnologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (ECT/UFRN) investiram em aulas diversificadas com as turmas deste semestre. Algumas aulas “fora do padrão” foram praticadas, entre elas, uma palestra, uma visita técnica, apresentações de seminários e uma exposição de banners. A área Energia, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável tem quatro professores e é responsável por uma componente obrigatória e sete optativas. 

As atividades diferenciadas foram realizadas no mês de novembro. A convite da professora Vera Castro, o diretor-presidente do Centro de Estratégias em Recursos Naturais e Energias (Cerne), Darlan Santos, ministrou, em 07/11/2019, uma palestra sobre “Energias renováveis no RN. Status atual e perspectivas” como atividade da componente obrigatória Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano (MADU). Conduzida de maneira muito didática e com participação da turma, a palestra abordou o histórico das energias renováveis no Rio Grande do Norte (RN), como também o atual status que o estado ocupa e as perspectivas futuras. Atualmente, o RN é o estado da federação que mais produz energia de fontes renováveis, principalmente advinda dos ventos. O estado tem 151 usinas, que produzem 4.066 megawatts de energia por ano. 

No dia 13, foi realizada uma visita técnica ao Parque Eólico Calangos, em Serra de Santana, município de Lagoa Nova. A visita foi conduzida pelos professores Sebastião Luiz de Oliveira, Vera Lopes Castro e Luciana Lopes Lucena. Houve ainda, no mesmo dia, uma aula de campo envolvendo a gestão e desenvolvimento sustentável no Seridó. O Local da visita foi na Comunidade do Totoró, Geoparque Seridó. 

A simulação de uma audiência pública para discutir a implantação fictícia de um empreendimento chamado “Sun Coast, Parque Aquático & Resort” foi promovida pela professora Jazielli Carvalho Sá na componente optativa “Tópicos em Práticas Ambientais”, dia 18 de novembro. 

Um dia depois, em 19/11/2019, a professora Vera Castro oportunizou, na turma de MADU, uma exposição de banners, que divulgaram as soluções que os grupos de alunos encontraram para problemáticas relacionadas aos conteúdos da componente que estavam a cursar. Avaliadores externos foram convidados para apreciar os trabalhos dos estudantes.

Cadastramento para o reingresso de segundo ciclo

No período de 07 a 10 de janeiro deste ano será realizado o cadastramento dos candidatos aprovados no processo seletivo de reingresso de segundo ciclo do Grupo 1, ou seja, estudantes que concluíram o bacharelado em Ciências e Tecnologia na Universidade Federal do Rio Grande do Norte. O cadastramento será realizado na Coordenação do Curso […]

Professores da área de Meio Ambiente apostam em aulas diversificadas

Alternativas de ensino-aprendizagem em meio ambiente e desenvolvimento urbano Com o objetivo de melhorar a aprendizagem dos alunos, professores da área Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano da Escola de Ciências e Tecnologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (ECT/UFRN) investiram em aulas diversificadas com as turmas deste semestre. Algumas aulas “fora do padrão” […]

Energias limpas e acessíveis em debate na ECT

A percepção e sensibilização em energias limpas e acessíveis na Escola de Ciências e Tecnologia (ECT) e na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) é o tema do I Debate de Ações Ambientais. O evento é resultado de um projeto em Educação para a Sustentabilidade de uma das turmas do componente curricular Ciência, […]