Professores da ECT estão na lista dos mais influentes do mundo

Escrito por: Marilia Bezerra | Publicado em: 8 de dezembro de 2020

A revista PLOS Biology publicou, em 16 de outubro, o artigo “Updated science-wide author databases of standardized citation indicators” que trouxe a lista dos cientistas com o maior impacto de citação ao longo da carreira e também o impacto de citação apenas durante o ano de 2019. O estudo liderado por John Ioannidis, da Universidade de Stanford, teve como referência, além de produtividade, o número de citações na base de dados Scopus durante o ano.

Os professores da Escola de Ciências e Tecnologia Flávio Bezerra Costa e Rafael Chaves, que estão presentes na lista dos 100 mil cientistas mais influentes do mundo durante o ano de 2019, e somam mais de 2000 citações ao longo da carreira. Além dos professores da ECT, outros 5 pesquisadores da UFRN estão presentes na lista.

Conheça os pesquisadores

Flávio Bezerra Costa


“Meu pai tinha uma eletrônica, sempre achei isso legal”, afirma o professor quando questionado sobre sua motivação para seguir carreira na área de engenharia elétrica. Flávio estudou Telecomunicações na Escola Técnica Redentorista (ETER). Logo após, ingressou no curso de Engenharia Elétrica na Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), Paraíba. “Quando eu entrei no curso, já tinha certeza que queria cursar engenharia elétrica e seguir carreira acadêmica”, relata o cientista. Em seguida, o professor concluiu seu mestrado, doutorado e pós-doutorado Na UFCG.

Atualmente, as principais pesquisas desenvolvidas pelo professor são no tópico de redes elétricas inteligentes, envolvendo a proteção e controle de sistemas elétricos, desenvolvimento de algoritmos para o diagnóstico de curto-circuito, qualidade da energia elétrica e processamento de sinais.

Flávio também conta com uma extensa lista quando o assunto é atuação internacional. Além de um pós-doutorado na RWTH Aachen, Alemanha, o cientista já atuou como pesquisador visitante no INESC Porto, Portugal, e em K.U. Leuven, Bélgica, além de ter sido professor visitante em TU Berlin, Alemanha. Segundo Flávio, a cooperação com grupos internacionais foi fundamental para o desenvolvimento de sua pesquisa.

O currículo lattes do professor pode ser acessado através deste link.

Rafael Chaves

Hacker da informação quântica, é como o professor da ECT e pesquisador do Instituto Internacional de Física (IIF), Rafael Chaves, se define. “Na escola nunca gostei muito de física, tinha facilidade mas achava muito chata, tinha mais interesse em outras coisas como tecnologia e computação”, conta o cientista, que aos 14 anos ingressou no curso de Informática Industrial no Centro Federal de Educação Tecnológica (CEFET, atual Instituto Federal), segundo ele, foi durante os últimos anos do curso técnico onde percebeu que gostava de entender como os componentes das máquinas e computadores funcionam.

Após concluir o ensino médio, Chaves iniciou sua formação na área da Física, a partir do bacharelado na Universidade Federal de Minas Gerais até o pós-doutorado, que foi realizado em três instituições europeias na Espanha e Alemanha.

Sua principal área de pesquisa é a mecânica quântica. Recentemente o pesquisador foi contemplado com uma bolsa de R$ 1 milhão do Instituto Serrapilheira para o desenvolvimento da pesquisa sobre informação quântica, intitulada “Uma abordagem causal para a informação quântica (CausalQI)”. A pesquisa objetiva entender as noções de causa e efeito, para que assim seja possível explorar novas maneiras de processar informação.

Rafael ressalta a importância da participação em um ecossistema internacional, sua rede de colaboração conta com pesquisadores de vários lugares como Austrália, Inglaterra e Itália. O cientista ainda fala que a principal dificuldade para desenvolver pesquisa no Brasil é a falta de recursos e apoio institucional.

O currículo lattes do professor pode ser acessado através deste link.


Inscrições para o Mestrado Profissional em Ciência, Tecnologia e Inovação encerram neste sábado

As inscrições para o Mestrado Profissional em Ciência, Tecnologia e Inovação,que tiveram início no dia 15 de agosto, terminam em 18 de setembro, próximo sábado, e devem ser feitas exclusivamente via internet, na página de Processo Seletivo da UFRN Stricto Sensu.  O edital divulgado pela coordenação do Programa de Pós-Graduação em Ciência, Tecnologia e Inovação […]

Já pensou em integrar uma pesquisa sobre Comunicação em Rede Neural? O Programa de Pós-graduação em Física está com inscrições abertas!

O exame de seleção será realizado no dia 21 de novembro de 2021 e as inscrições, feitas via PPG-Física ou Plataforma EUF (Exame Unificado de Física), estarão abertas até o dia 10 de outubro de 2021.  As Coordenações dos Programas de Pós-Graduação em Física de quinze instituições, uma delas a da UFRN, irão realizar esse […]