Projeto idealizado no PPgCTI é selecionado no maior evento de tecnologia do mundo

O projeto consiste na formulação de um sistema de gerenciamento e controle de jornada de trabalho, com uso de inteligência artificial.
Escrito por: Carllos Daniel | Publicado em: 21 de outubro de 2022

Sendo a única startup selecionada no Rio Grande do Norte e uma das cinco em todo Nordeste, a Faceponto irá participar do Web Submmit, o Festival de Inovação Europeu, que acontece entre os dias 01 e 04 de novembro em Lisboa, Portugal, e que é considerado a maior conferência de tecnologia do mundo.

Além de estar na lista das 15 melhores empresas que participaram do edital IA2, do Ministério da Ciência e Tecnologia, que recebeu 6 mil inscrições de empresas que possuem inteligência artificial, a Faceponto agora está entre as 60 empresas brasileiras que foram selecionadas para a Web Submmit, onde seus representantes irão participar presencialmente do evento em Lisboa e terão acesso a uma série de conteúdos sobre internacionalização de negócios e vendas no mercado internacional.

O projeto já foi selecionado em diversos editais pelo Brasil, e agora sua seleção internacional é considerada como o maior feito de uma startup potiguar, servindo de inspiração e mostrando aos empresários locais e instituições públicas que, se as startups tiverem os incentivos corretos e reconhecimento adequado, podemos gerar tecnologia e conhecimento, ampliando o mercado e gerando mais empregos.

O Faceponto é um software de gerenciamento e controle da jornada de trabalho baseado em inteligência artificial, que incorpora o chamado Business Inteligence (Inteligência de Negócios) à rotina da empresa. Com o reconhecimento facial e o georreferenciamento, que facilita a verificação do ponto do funcionário, o sistema é capaz de coletar, em tempo real, dados que são essenciais para a empresa. “Queremos atrair ainda mais investimentos, consolidar o mercado a nível de Brasil, criar oportunidade e negócios em solo estrangeiro e principalmente, gerar emprego, renda e recolher imposto no Rio Grande do Norte”, ressalta Cássio.

Idealizado em 2018 pelo advogado Cássio Leandro, a startup Faceponto surgiu como uma solução para a alta demanda de questões relacionadas à jornada de trabalho, observadas em empresas para as quais ele trabalhava. O objetivo era otimizar o gerenciamento dessas tarefas por meio da tecnologia, promovendo uma maior transparência entre funcionário e empregador, além de segurança jurídica nessas empresas. Junto com o sócio Aquiles Burlamaqui, professor da Escola de Ciência e Tecnologia da UFRN, Cássio desenvolveu o projeto e o submeteu no Mestrado Profissional em Ciência, Tecnologia e Inovação (MPI) do Programa de Pós-graduação em Ciência, Tecnologia e Inovação (PPgCTI) em 2019.